terça-feira, 12 de setembro de 2017

Tempo de mudança

   Temos várias passagens nas Escrituras dizendo que Jesus voltará e dos sinais de que esta vinda está próxima (João 14:1-3; Atos 1:10-11; Lucas 21:10-27; Mateus 24:12; Daniel 12-4; entre tantos outros versículos.). Isso é uma verdade quer você queria ou não acreditar. 
   Eu vejo muitos cristãos pedindo para que Jesus volte logo. Do que adianta pedir para que Ele volte logo se a vida não está do agrado d'Ele? Não estou dizendo que estão errados. Na verdade, estou tentando dizer que estamos olhando para o ponto errado. Não se trata de quando Jesus virá. Não há como saber (Mateus 24:36-44).
   Peça a Deus direção, sabedoria, discernimento e força para que você aprenda e entenda que a Vontade do Pai é Boa, Perfeita e Agradável. Sua vida tem que estar baseada, pautada, na Palavra de Deus. Que o seu sim seja sim e o seu não seja não (Um cristão não pode ter duas palavras.). Não dê migalhas para sua carne. Ao contrário. Busque a Deus incansavelmente. Diminua-se para que Ele venha crescer na sua vida. Para você, que ainda vive no pecado, não vai adiantar Ele vir agora. Pois, se sua vida continuar toda bagunçada, se você continuar vivendo no pecado, alimentando mais sua carne do que seu espírito, você vai para o inferno. E o inferno também é uma realidade (Salmos 9:17; Gálatas 5:19-21; Apocalipse 21:8). Arrume sua vida enquanto há tempo. E tenha um verdadeiro encontro com Deus. Ainda há tempo. Contudo, haverá um tempo em que não haverá mais tempo algum.
                                

                                                                           (Fernanda Muniz)

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Gratidão

    Devemos ser gratos a Deus por tudo. Sim. TUDO. Satisfatório ou não. Devemos ser gratos. Afinal, Ele nos deu algo que não merecemos. Que foi a vida de Seu filho por nós. Para que nós tivéssemos a vida eterna. E, ela está lá para quem aceitar. Aceitar de coração aberto. De forma que o amor por Deus cresça de forma gradativa e permanente.
   Devemos ser gratos pelo despertar, pelo café da manhã, por aquele ônibus perdido. Afinal, não sabemos do que Deus está nos livrando, não é mesmo?!
    Devemos ter a maturidade de sermos felizes com aquilo que temos. Mesmo que ainda nos falte algo que tanto queremos. Simples assim. Ter essa consciência interfere completamente na nossa vida com Deus. Seja qual for a situação que você esteja enfrentando SEJA GRATO a Deus. ADORE. Afinal, adoração, a verdadeira adoração, é um ato voluntário de gratidão.
   Devemos agradecer tendo a consciência de que inúmeros são os benefícios que Ele nos concede e temos inúmeras formas de agradecê-Lo, mas nenhuma delas será o suficiente para agradecê-Lo pela maior prova de amor que Ele deu. A morte de Jesus naquela Cruz por nossos pecados.




segunda-feira, 13 de março de 2017

Adoração

   A adoração não é apenas um momento que temos em nossas igrejas (templos). Adoração é estilo de vida.
   Adorar a Deus é muito mais do que ir à igreja. Está ligado a sua vida com Deus. Está ligado ao nível de intimidade com Ele. Adorar a Deus é estar alicerçado na Palavra de Deus. É amá-lo da maneira que Ele deve ser amado com nossas ações, nosso falar, nosso pensar. É obedecê-lo.
   É entender que devemos nos encher de tudo o que é d'Ele. É fazer tudo pautado na Palavra. É entender que a vontade do Pai é Boa, Perfeita e Agradável. SEMPRE.



sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Nova Aliança

Muitas pessoas têm compartilhado alguns áudios em que pessoas, de diferentes partes do mundo, dizem, em outras palavras, que Deus agirá contra o país por estar irado com os brasileiros. E pedem para clamarmos juntos pelo Brasil na intenção de mudar a decisão de Deus. Tem muitos “furos” nesses áudios. O principal erro é quando eles dizem que Deus vai fazer determinada coisa por estar irado. Mas, ainda assim, eu peço que orem pelo nosso país. Contudo, não na intenção de mudar a decisão de Deus. E, sim, porque este país precisa, porque as pessoas precisam de suas orações.
A questão é que estamos na Nova Aliança. Ou seja, recebemos a Nova Aliança através da morte de Jesus Cristo.
Em Jeremias 31:33: Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
Em Hebreus 8: 12-13: Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.
Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar.
A Nova Aliança é INFALÍVEL, IMUTÁVEL, INVISÍVEL.
As alianças feitas anteriormente foram quebradas. Foram feitas entre o homem e Deus. A Nova Aliança foi feita em Jesus. Deus encarnado em Jesus derramou seu sangue naquela cruz por nossos pecados. A partir de então, TODOS, e não só os cristãos, são purificados, uma vez que declaram sua Fé em Cristo. É uma Aliança Superior a todas as outras. Esta Aliança JAMAIS será mudada. Ainda que o pecador se afaste da presença de Deus, a Aliança continua. É fato que, uma vez afastado, o pecador deixar de ter direitos sobre as promessas da Nova Aliança. Mas, ainda assim, ela permanece IMUTÁVEL, pois nosso Senhor permanece FIEL. Deus permanece Fiel. E quando o pecador se arrepende, ele voltar a ter direito as promessas. Ele volta a fazer parte desta Aliança. Ela é INVISÍVEL. Pois, é uma Aliança feita dentro de nós. Na nossa mente, no nosso coração. Ela é ESPIRITUAL, tendo o seu único sinal visível, a Santa Ceia.
Não estou criticando quem gravou ou quem compartilhou. Ou dizendo que estão mentindo. Muito menos dizendo que Deus não fará nada com este país. Estou dizendo que devemos ter cuidado com o que ouvimos. Analisar e reter o que é bom, o que realmente estiver alinhado com a Palavra de Deus.
Se na Nova Aliança Deus diz “E dos seus pecados EU não me lembrarei”, como Deus vai agir com ira sobre este país? Vale lembrar que a profecia só é de Deus quando ela estiver alinhada a Palavra de Deus.


domingo, 24 de janeiro de 2016

Ore

   Nossa natureza humana insiste em se desesperar diante das adversidades. Esquecemos que há um Deus que é por nós. Ele nos sustenta. Ele é Fiel. Esquecemos, quase sempre, de orar. E orar é justamente conversar com Pai. Devemos entregar tudo a Deus em oração. E ao entregar tudo a Ele, entregamos o controle de toda a situação nas mãos d'Ele.
   Temos o errôneo costume de orar depois que todas as nossas tentativas se esgotam e acabamos pedindo por um milagre. O problema é quando esse "milagre" não vem. Ficamos frustrados e culpamos a Deus. Quando deveríamos entregar o controle no começo. Deus não é culpado pela nossa falta de Fé no poder d'Ele.
   Seja qual for a razão, qual foi o erro que te levou até determinada situação, ore. Seja quais forem seus pensamentos ou desejos, ore. Ore. A melhor forma de vencer nossas batalhas é orando.
   Coloque Deus no começo de tudo e Ele cuidará do final.

Fique na Paz!

  (Fernanda Muniz)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Férias

   Aos meus amigos/leitores e irmãos em Cristo, deixo o meu mais sincero muito obrigada pelo carinho de sempre. Por todas as visitas, pelos recados, pela companhia. Obrigado por prestigiarem o Blog. Agradeço, profundamente, por esses 3 anos de Aprendendo a Servir a Deus.
   O Blog está entrando de férias e voltará dia 04/01/2016.
 

   Que todos tenham um excelente Natal e uma ótima virada de ano. Que 2016 seja repleto de conquistas, de Paz, de amor, de ricas bençãos do Senhor para vida de cada um.
    Um super beijo e que possamos estar juntos em 2016.

   



    Sucesso!

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

O jardineiro e seu jardim

      Era uma vez, um jardineiro completamente apaixonado por seu jardim. Não falo de paixões que o tempo leva. Falo daquele tipo de amor que vai além de qualquer coisa que possamos imaginar. Sempre sorrindo, cantarolando canções que somente ele conhecia, trabalhava dia após dia em seu jardim.
    Toda vez que via uma flor murcha, o jardineiro corria para regá-la e adubá-la. E, sempre que alguma flor não aceitava esse cuidado e morria, ele chorava. Ainda que tivesse as outras flores fortes e lindas, ele se punha a chorar. E, quando alguma dessas flores murchas aceitava o cuidado deste jardineiro, elas ficavam ainda mais lindas e fortes, e ele cantarolava ainda mais feliz, ainda mais apaixonado.
    Quanto mais flores aceitam esse cuidado, mais o jardim fica encantador. Este jardim é o mais lindo que já se viu. O mais variado. Ele possui a maior variedade de flores. Cada uma com sua característica específica. Cada uma é única com suas peculiaridades.
     As flores, por sua vez, tinham certeza de que seu jardineiro sempre iria trazer a mais pura água, o mais rico adubo, e o maior amor que há. Então elas ficavam ainda mais felizes e seguras. Sentiam-se protegidas, cuidadas. Certas de que nenhuma praga poderia atingi-las enquanto elas estivessem sobre o cuidado deste jardineiro.
           

Este jardineiro é Deus e seu jardim somos nós. E então? Você aceita os cuidados deste incrível, soberano, lindo jardineiro? Aceita ficar ainda mais linda, ainda mais forte, segurada e cuidada por Ele?





                                                                                              (Fernanda Muniz)